O primeiro jornal português
de Fact-Checking

CTT estão a recrutar carteiros e auxiliares de limpeza oferecendo salários superiores a 2 mil euros?

Sociedade
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
Está a ser divulgado no Facebook um anúncio de emprego apelativo a quem queira trabalhar nos CTT. Alerta-se para as inscrições abertas para os cargos de carteiro, operador de triagem, auxiliar de carga, motorista e auxiliar de limpeza, todos com salários superiores a 2 mil euros. Esta oportunidade de emprego é real?

Está a circular em grupos de procura e oferta de emprego no Facebook uma publicação na qual se alerta para as vagas abertas nos CTT – Correios de Portugal. Em causa estão dezenas de postos de emprego, desde carteiro a auxiliar de limpeza, todos com uma oferta de salário superior a 2 mil euros.

“De nada adianta ter sonhos, se você não se empenhar em correr atrás”, destaca-se no anúncio, onde se sugere que verifique esta oportunidade através de um registo num site para o qual é direcionado. Contactada pelo Polígrafo, fonte oficial dos CTT informa que a imagem em causa “não é verdadeira” e que todas as opções de oportunidades de carreira na empresa “estão disponíveis no site oficial”, que pode consultar aqui.

Garante ainda que os referidos cargos e salários na tabela apresentada não correspondem aos CTT, “tratando-se, possivelmente, de mais um caso de phishing para a obtenção de dados pessoais, utilizando de forma abusiva o nome da empresa”.

Os CTT alertam que os casos de phishing são cada vez mais frequentes e assumem formas cada vez mais sofisticadas. Assim, “pedem atenção redobrada aos seus clientes e alertam que o acesso a links deve ser feito apenas e só pelos canais oficiais da empresa”.

As informações sobre esquemas fraudulentos que usam a imagem desta entidade podem ser encontradas no seu site oficial. Os Correios de Portugal reúnem os esquemas de phishing em circulação associados ao seu nome e ajudam a perceber como é que se pode detetar e agir perante estas tentativas de obtenção de dados pessoais e/ou fraude.

__________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque