Desde ontem que o assunto é falado nas redes sociais, depois de Cristiano Ronaldo ter partilhado uma longa mensagem nas suas contas no Facebook e Instagram. Numa altura em que estava a ser revelado o top 30 dos melhores jogadores do prémio Ballon d' Or, Ronaldo publicou um comunicado no qual acusou o jornalista francês da France Football, Pascal Ferré, de ter mentido, numa entrevista ao jornal desportivo espanhol "Marca", quando afirmou que o jogador português lhe confidenciou que não quer acabar a carreira se ter mais Bolas de Ouro do que Lionel Messi.

"O desfecho de hoje explica o porquê das declarações de Pascal Ferré na última semana, ao afirmar que eu lhe confidenciei que tinha como única ambição terminar a minha carreira com mais Bolas de Ouro do que Lionel Messi", escreveu Ronaldo.

"Pascal Ferré mentiu, usou o meu nome para se promover e para promover a publicação para a qual trabalha. É inadmissível que o responsável pela atribuição de tão prestigiado prémio possa mentir desta forma, num absoluto desrespeito por alguém que sempre respeitou a France Football e a Bola de Ouro", acusou ainda.

As reações multiplicaram-se nas redes sociais. Houve mensagens de apoio ao jogador português mas também surgiram citações e excertos em vídeo com declarações feitas por Cristiano Ronaldo no passado.

No seu comunicado, o futebolista defende-se ao escrever que nunca afirmou que ganhar mais Bolas de Ouro do que Messi era a sua "única ambição". E acrescenta: "A maior ambição da minha carreira é conquistar títulos nacionais e internacionais pelos clubes que represento e pela Selecção do meu país. A maior ambição da minha carreira é ser um bom exemplo para todos aqueles que são ou desejam ser futebolistas profissionais. A maior ambição da minha carreira é deixar o meu nome escrito a letras de ouro na história do futebol mundial."

Por não haver registos da conversa, não é possível verificar se Ronaldo afirmou ou não o que revelou o jornalista francês. De qualquer modo, há outra pergunta que é passível de resposta:  alguma vez Ronaldo disse que queria ter mais Bolas de Ouro do que o argentino?

A resposta é sim. Numa entrevista ao canal britânico ITV, em setembro de 2019, o conhecido jornalista britânico Piers Morgan perguntou a Cristiano Ronaldo qual era o recorde que mais queria bater e ser o número 1 antes de terminar a carreira.

Na resposta, o jogador foi categórico: "Bolas de Ouro, por exemplo. O maior número de Bolas de Ouro na história do futebol, por exemplo. Ia adorar e acho que o mereço. Como referiu antes, o Messi é um tipo fantástico, um jogador fantástico, pertence à história do futebol, mas penso que eu tenho de ter seis ou sete ou oito, mais do que ele.

Na altura, em 2019, o português e o argentino tinham cinco Bolas de Ouro cada um. Nesse ano, Messi ganhou a sexta e agora obteve um sétimo galardão. As afirmações de Ronaldo fizeram eco na imprensa, como "The Independent", Reuters, Sky Sports, "Diário de Notícias", "Veja", entre outras.

________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network