Ao discursar hoje no Parlamento, o primeiro-ministro António Costa enumerou uma série de medidas inscritas na proposta de OE2022 que, defendeu, vão aumentar o rendimento das famílias. Nesse âmbito destacou que, além da "redução geral da tributação em IRS ou o reforço do acesso aos serviços públicos", os portugueses vão beneficiar do "maior aumento anual de sempre do salário mínimo nacional".

O salário mínimo nacional, que corresponde atualmente a 665 euros e que foi aumentado no OE2021, vai voltar a ser aumentado no próximo ano no valor de 40 euros, para os 705 euros, segundo o relatório que acompanha a proposta do OE2022.

De acordo com os dados compilados na Pordata, até agora nenhum aumento do salário mínimo nacional tinha atingido os 40 euros. Entre 2019 e 2020 registou-se um aumento de 35 euros, o maior desde sempre.

Como tal, a alegação do primeiro-ministro é verdadeira.

_________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network