"França impõe quarentena geral e suspende cobrança de contas de luz, água e gás, parabéns França! Em Portugal é só venha a nós", sublinha-se na mensagem da publicação em causa, já com mais de 10 mil partilhas acumuladas no Facebook.

Esta publicação foi denunciada por vários utilizadores da rede social como sendo fake news. Confirma-se?

No dia 16 de março de 2020, Emmanuel Macron, presidente da França, proferiu um discurso no qual criticou todos aqueles que não estavam a levar a sério as restrições impostas pelo Governo para impedir a propagação da Covid-19.

"Estamos em guerra, numa guerra de saúde. Não estamos a lutar contra um exército ou outra nação. Mas o inimigo está aqui, invisível, ilusório e a avançar. E isso requer a nossa mobilização", alertou Macron.

No mesmo discurso, o presidente francês anunciou a suspensão da cobrança de rendas de habitação e contas de gás, água e eletricidade durante o período de quarentena. Mas apenas para as empresas.

Além disso assegurou que as empresas mais afetadas pela crise obterão auxílio fiscal no valor global de 300 mil milhões de euros.

Até à data registam-se 20.149 casos de infetados pelo novo coronavírus em França. Há um total de 2.207 recuperados e 842 mortos.

***

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro, mas...
International Fact-Checking Network