"Se fosse um comunista do Governo a fazer, vocês iam partilhar. Mas como foi o Chega a fazer, aposto que ninguém vai partilhar", acrescenta-se na mensagem da publicação em causa, partilhada por centenas de pessoas no Facebook.

Este conteúdo foi denunciado como sendo fake news. Confirma-se?

De facto, não encontramos qualquer registo público da iniciativa descrita na publicação. Também não encontramos qualquer registo público da existência de uma "candidata do Chega" no concelho de Marco de Canaveses que dê pelo nome de Susana Oliveira.

Mais, a imagem da suposta candidata Susana Oliveira corresponde, na verdade, a uma actriz de vídeos pornográficos, num esquema que replica outros que o Polígrafo já verificou - como este, por exemplo.

Concluímos assim que se trata de uma falsidade, provavelmente com intuito humorístico, embora a maior parte das pessoas que comentam e partilham a publicação pareça acreditar na veracidade da mesma. Por entre algumas denúncias de que não passa de uma "brincadeira".

***

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações “Falso” ou “Maioritariamente Falso” nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Pimenta na Língua
International Fact-Checking Network