Desde o início da pandemia que têm vindo a ser partilhadas, nas redes sociais, inúmeras receitas milagrosas que atuam na prevenção ou tratamento – ou até em ambos – da Covid-19. Desde os suplementos de vitamina C ou vitamina D à utilização de uma substância que existe no chá e no café, passando também pela ingestão de água morna com limão. Em nenhuma se comprovou o efeito afirmado nas publicações.

Desta vez são as tâmaras que surgem como um ingrediente que previne e trata a Covid-19. Existe fundamento científico?

Não existe evidência científica que confirme que as tâmaras tenham qualquer impacto na prevenção ou tratamento da Covid-19, avançam os especialistas do "Meedan Digital Health Hub", uma plataforma de investigação que combate a desinformação na área da saúde. Por outro lado, também não há provas de que o seu consumo prejudique quem tenha contraído a doença. Segundo o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, não há informação suficiente para se avançar que “o uso de qualquer vitamina, mineral ou planta medicinal ou outro botânico, ácido gordo ou outro suplemento dietético” tenha efeito na prevenção ou no tratamento desta doença.

Uma alimentação variada e equilibrada é um fator importante para se manter saudável e com um sistema imunitário forte, capaz de atuar contra as ameaças externas e doenças. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a ingestão de alimentos nutritivos – tais como vegetais, fruta, proteínas e grãos –, dando também destaque à importância do consumo de água para se manter hidratado. A OMS aconselha ainda a moderar o consumo de gorduras e óleos, aconselhando a que opte por gorduras não saturadas. Também ao nível do sal e do açúcar, a organização sugere que se limite a quantidade destes temperos na alimentação diária.

Também o Centro norte-americano para o Controlo e Prevenção de Doença (CDC, na sigla inglesa) destaca a importância de uma alimentação nutritiva para a saúde e sublinha que os suplementos (seja de vitaminas ou minerais) não são apropriados para a prevenção ou tratamento de Covid-19. “Se está a considerar tomar vitaminas ou suplementos dietéticos, fale com o seu farmacêutico, dietético registado ou outro profissional de saúde antes de os tomar, especialmente quando combinar ou substituir outros alimentos ou medicamentos”, aconselha.

Concluindo: o consumo de tâmaras para prevenir ou tratar a Covid-19 não tem qualquer fundamento científico. Não existem dados suficientes para identificar uma determinada vitamina, mineral ou planta medicinal que atue na prevenção e tratamento desta doença. Uma alimentação saudável é a melhor forma de manter o sistema imunitário forte.

_________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network