Catarina Martins, António Costa, Jerónimo de Sousa. Estes são os três protagonistas de um meme criado pela página "PS - Partido da Bancarrota", a qual tem cerca de 20 mil seguidores na rede social Facebook. O meme foi publicado ontem, dia 2 de abril, e já acumula milhares de partilhas. Por debaixo das imagens dos três dirigentes políticos surge uma comparação do preço do barril de petróleo entre 2015 e 2019 (supostamente baixou de 120 dólares para 50 dólares) e também do preço do litro de gasóleo no mesmo período de tempo (supostamente aumentou de 1,04 euros para 1,46 euros).

A enquadrar a publicação do meme coloca-se a seguinte questão: "Porque é que, desde que o governo PS/BE/PCP tomou posse, o preço do barril caiu mais de 50%, mas o preço do gasóleo subiu mais de 40%?" Vários leitores do Polígrafo solicitaram uma verificação de factos.

Importa começar por salientar que em novembro de 2015 não tomou posse um "Governo PS/BE/PCP", mas sim um Governo minoritário do PS baseado em acordos de incidência parlamentar bilaterais com o BE, PCP e PEV - a denominada geringonça. Ou seja, desde logo uma imprecisão.

Quanto ao preço do barril de petróleo, de facto, caiu 35,5% durante o ano de 2015. Na última sessão desse ano, quando o Governo do PS estava há um mês em funções, o preço do barril de petróleo Brent (que serve de referência para o mercado europeu) encerrou a 37,28 dólares, muito abaixo dos 120 dólares indicados na publicação em análise.

Entretanto, no dia 1 de abril de 2019, o preço do barril de petróleo Brent cifrou-se em 69 dólares, um valor também bastante superior aos 50 dólares indicados na publicação em análise. Pelo que se conclui que o preço do barril de petróleo não "caiu mais de 50%" entre 2015 e 2019. Isso é claramente falso. Pelo contrário, o preço do barril de petróleo aumentou de 37,28 dólares no final de dezembro de 2015 para 69 dólares no início de abril de 2019.

Na última semana de março, de acordo com dados da Direção-Geral de Energia e Geologia, o preço do gasóleo era de 1,368 euros. Ou seja, um valor mais baixo do que os 1,46 euros indicados na publicação.

E relativamente ao preço do gasóleo, os números destacados no meme estão corretos? No final de 2015, o preço médio a que estava a ser comercializado o gasóleo era de 1,032 euros. Tratava-se então do valor mais baixo em cinco anos, resultado da acentuada queda dos preços do petróleo nos mercados internacionais, tal como já recordámos anteriormente. Quanto ao preço do litro de gasóleo em 2015, ao apontar para 1,04 euros, a publicação está correta.

Na última semana de março, de acordo com dados da Direção-Geral de Energia e Geologia, o preço do gasóleo era de 1,368 euros. Ou seja, um valor mais baixo do que os 1,46 euros indicados na publicação.

Concluindo, no que concerne à evolução do preço do barril de petróleo entre 2015 e 2019, o meme é claramente falso. Quanto à evolução do preço do litro de gasóleo, o valor de 2019 não está correto, embora a diferença não seja tão significativa. No global, esta publicação apresenta dados falsos e gera desinformação.

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network