“Frank Oz, quem faz os movimentos e a voz de Yoda, também trabalhou no Show dos Muppets como alguns dos personagens, incluindo Miss Piggy”, garante-se numa publicação partilhada no Facebook, dia 8 de março do ano passado.

No Twitter também há comentários semelhantes relativamente a estas duas personagens. “Que delícia esses dois conversando. Lembrando que Oz é a voz original da Miss Piggy e do Yoda!”, afirma o autor do tweet ao partilhar o link para um vídeo no Youtube de uma conversa entre o autor Frank Oz e o ator Mark Hamill, mais conhecido por interpretar Luke Skywalker, na saga “Guerra das Estrelas”.

Aqueles que cresceram a ver a “Rua Sésamo”, “Os Marretas” e a saga “Guerra das Estrelas”, não são indiferentes às vozes únicas e distintas por detrás de personagens como o Monstro das Bolachas, a Miss Piggy ou o Yoda. O que poucos sabem é que todas essas vozes vêm do mesmo ator, realizador e produtor: Richard Frank Oznowicz.

Mais conhecido apenas por Frank Oz, foi quem deu voz a Yoda da “Guerra das Estrelas” e Miss Piggy de “Os Marretas”, mas não só. De acordo com a sua página de IMDb e com vários artigos, Oz interpretou também o Urso Fozzie, de “Os Marretas”, e o Monstro das Bolachas, Gualter e Becas da “Rua Sésamo”.

Nos filmes da saga de ficção, Oz foi responsável pela forma de falar única de Yoda. "Eu estava apenas a olhar para o guião original de ‘O Império Contra-Ataca’ e havia um pouco dessa estranha sintaxe, mas o Yoda também falava muito coloquialmente. Então eu perguntei ao George [Lucas]: ‘Posso fazer isto tudo assim?’ E ele disse: 'Claro!'. Senti que era a coisa acertada a fazer", contou Frank Oz ao "The Guardian".

Nas séries “Rua Sésamo” e “Os Marretas”, também interpretou mais personagens e trabalhou como marionetista. Mas Oz disse ao "The Guardian" que não tem estado envolvido nem com "Os Marretas" nem com a "Rua Sésamo" durante os últimos anos, nem suporta ver os espectáculos.

"Adoraria voltar a fazer os Marretas, mas a Disney não me quer, e a Rua Sésamo não me contacta há 10 anos. Eles não me querem porque não vou seguir ordens e não vou fazer o tipo de Marretas em que acreditam [...] A alma não está lá. A alma é o que faz as coisas crescerem e serem engraçadas. Mas eu sinto falta deles e amo-os", desabafou Frank Oz.

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
International Fact-Checking Network