"Agora a guerra acaba. Os EUA retiraram a animação 'Anastasia' do streaming da Disney", escreve um internauta, numa publicação de 3 de março, que partilha também um print screen de uma suposta notícia sobre o assunto. De acordo com a artigo, o filme "Anastasia" deixou de estar disponível na plataforma Disney Plus nos Estados Unidos.

O filme é inspirado na lenda da princesa Anastasia, supostamente a única filha do czar Nicolau II que sobreviveu ao assassinato da sua família em 1918, após a Revolução Russa.

Também no Twitter, vários utilizadores manifestaram o desagrado com a decisão da Disney. "Depois de ver o nível de infantilidade dessa guerra com países boicotando a venda de vodka, Disney+ boicotando 'Anastasia' no catálogo deles", escreveu um utilizador a 4 de março.

Mas será mesmo assim?

Não. O Polígrafo pesquisou o site que aparece no print screen da publicação, uma página criada por fãs da Disney, e encontrou a notícia que gerou a indignação dos fãs do filme de animação. De acordo com o artigo, de 1 de março, o filme "Anastasia" deixou de estar disponível na plataforma Disney Plus nos Estados Unidos.

No entanto, a notícia foi posteriormente atualizada e o título que surge agora é "'Anastasia' removida do Disney+ devido a razões contratuais (EUA)". No artigo é, contudo, referido que a retirada do filme foi uma surpresa porque a Disney+ não tem por hábito anunciar os títulos que vão sair do catálogo, ao contrário de outras plataformas como a Netflix e a Hulu.

Também no dia 1 de março, o site WhatsOnDisneyPlus partilhou a notícia da remoção do filme "Anastasia", mas explicou os motivos. No texto pode ler-se que "nada tem a ver com a atual crise que envolve a Ucrânia e a Rússia".

"Com o começo de um novo mês, a Disney é forçada, por vezes, a remover alguns dos seus conteúdos da Disney+ nos Estados Unidos devido a contratos pré-existentes, assinados antes da criação da plataforma. Infelizmente, este mês, o clássico de animação da 20th Century Studios, “Anastasia”, foi retirado da Disney+ nos EUA. No entanto, o filme vai continuar disponível noutros países. Esta remoção da Disney+ nada tem a ver com a atual crise que envolve a Ucrânia e a Rússia", refere a notícia.

Mas se o rumor sobre "Anastasia" é falso, na realidade, a invasão russa da Ucrânia levou a Disney a anunciar uma pausa na estreia de filmes na Rússia, incluindo o próximo filme da Pixar, "Turning Red".

___________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network