"Quem é que está a favor da diminuição das emissões de CO2? Muito bem! Então quem vai dizer à China, Rússia e Índia, que são responsáveis por mais de 50% das emissões globais de CO2, que têm que mudar de vida e reduzir as suas emissões?"

Esta é a mensagem veiculada no cartoon que se espalhou nas redes sociais, utilizando imagens de António Guterres (secretário-geral da Organização das Nações Unidas), Greta Thunberg (ativista e ecologista), Leonardo DiCaprio (ator de cinema), Alexandria Ocasio-Cortez (membro da Câmara dos Representantes dos EUA), Angela Merkel (chanceler da Alemanha), entre outros líderes políticos ou personalidades reconhecidas à escala global.

É verdade que China, Rússia e Índia são responsáveis por "mais de 50% das emissões globais de CO2"?

Os dados mais recentes estão compilados nas páginas do Global Carbon Atlas ou do World Economic Forum. Referentes ao ano de 2017, esses dados revelam que a China e os Estados Unidos da América (EUA) são responsáveis por mais de 40% das emissões de dióxido de carbono (CO2) em todo o mundo. A China lidera destacadamente a tabela com 9.839 milhões de toneladas métricas de dióxido de carbono (MtCO2), 27,2% das emissões globais em 2017, seguindo-se os EUA com 5.269 MtCO2, 14,6% das emissões globais.

Depois da China e dos EUA surgem a Índia (2.467 MtCO2, 6,8% das emissões globais), Rússia (1.693 MtCO2, 4,7% das emissões globais), Japão (1.205 MtCO2, 3,3% das emissões globais), Alemanha (799 MtCO2, 2,2% das emissões globais), Irão (672 MtCO2, 1,9% das emissões globais), Arábia Saudita (635 MtCO2, 1,8% das emissões globais), Coreia do Sul (616 MtCO2, 1,7% das emissões globais) e Canadá (573 MtCO2, 1,6% das emissões globais).

Ou seja, em conjunto, os três países destacados na publicação em análise - China, Rússia e Índia - são responsáveis por 38,7% das emissões globais de CO2, segundo os dados mais recentes. O cartoon está assim a difundir uma falsidade.

Importa também salientar que estes dados são relativos às emissões em termos absolutos. Ora, ao nível per capita, sendo o país mais populoso do mundo, a China nem sequer figura na tabela dos 20 países com mais emissões por habitante. Ao nível per capita, a tabela é liderada pelo Qatar (49,2 tCO2 por habitante), seguindo-se Trinidad & Tobago (29,7 tCO2 por habitante), Kuwait (25,2 tCO2 por habitante) e Emirados Árabes Unidos (24,7 tCO2 por habitante). Ou seja, três dos quatro primeiros são países do Golfo Pérsico.

***

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network