De acordo com o que é visível na imagem, de um total de 74,10 euros pagos em gasolina, 45,31 euros são referentes a impostos. Ou mais especificamente: 13,86 euros em Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e 31,45 euros em Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP). No caso desta fatura, cerca de 61% do valor pago corresponde a impostos.

Consultando os dados compilados no portal da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), que assume a regulação do setor dos combustíveis derivados do petróleo, verifica-se que o preço médio de venda ao público de um litro de gasolina, atualmente, cifra-se em 1,681 euros.

Mas este valor total inclui 0,527 euros em ISP, 0,054 euros em Taxa de Carbono, 0,087 euros em Contribuição Rodoviária e 0,314 euros em IVA. Como tal, o preço médio de venda ao público antes de impostos cifra-se em 0,699 euros.

Ou seja, por cada litro de gasolina paga-se atualmente, em média, 0,982 euros em impostos, cerca de 58% do preço total de venda ao público.

Referimo-nos ao preço médio registado num determinado período de tempo em território nacional, o que pode explicar a ligeira discrepância entre os cerca de 58% calculados a partir dos dados do portal da ERSE e os cerca de 61% calculados a partir dos dados da fatura da imagem sob análise.

Pelo que concluímos que a fatura é autêntica. De facto, cerca de 60% do preço de venda da gasolina em Portugal corresponde a impostos.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Assine a Pinóquio

Fique a par dos nossos fact checks mais lidos com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Receba os nossos alertas

Subscreva as notificações do Polígrafo e receba os nossos fact checks no momento!

Em nome da verdade

Siga o Polígrafo nas redes sociais. Pesquise #jornalpoligrafo para encontrar as nossas publicações.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network