"Os mais velhos hoje são 140 mil em Lisboa, 40 mil com carências, vamos ter realmente o acesso à saúde para essas pessoas. Essas pessoas hoje não têm médico de família. Aliás, há 90 mil pessoas em Lisboa que não têm médico de família e, portanto, esse acesso a consultas gratuitas, a uma triagem gratuita e a uma teleconsulta vai ser dado através da Câmara Municipal", declarou Carlos Moedas, no final do debate que juntou os sete principais candidatos à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, transmitido pela SIC.

O número indicado de pessoas em Lisboa que não têm médico de família atribuído está correto?

Consultando os dados compilados no portal Transparência do SNS, no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Lisboa Norte, cuja área de influência corresponde a Alvalade, Avenidas Novas, Campolide, Carnide, Lumiar, S. Domingos de Benfica e Santa Clara, existem 32.302 utentes sem médico de família atribuído, de um total de 272.455 inscritos em cuidados de saúde primários.

No ACES Lisboa Central, que serve 35 freguesias e bairros do concelho de Lisboa e um total de 299.982 utentes, 55.656 pessoas não têm acesso a médico de família. Tendo em conta os números destes dois ACES, contabilizam-se já  87.958 utentes sem médico de família.

No entanto, faltam ainda os utentes do ACES Lisboa Ocidental e Oeiras que abrange não apenas o concelho de Oeiras, mas também as seguintes freguesias e bairros do concelho de Lisboa: Ajuda, Alcântara, Belém, Santo Condestável e São Francisco Xavier. Existem neste ACES um total de 41.381 utentes que permanecem sem médico de família. Destes, pelo menos 13.393 estão inscritos em unidades de cuidados de saúde primários pertencentes ao concelho de Lisboa.

Assim, conclui-se que a alegação de Moedas até peca por defeito. De facto, existem cerca de 88 mil pessoas sem acesso a médico de família nos ACES Lisboa Central e Lisboa Norte, mas acrescem ainda cerca de 13 mil utentes distribuídos em unidades de saúde do ACES Lisboa Ocidental e Oeiras. São cerca de 101 mil no total.

______________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro, mas...
International Fact-Checking Network