"Devido à falta de sangue do tipo A NEGATIVO apela-se à dádiva de todos aqueles que tenham este grupo e queiram contribuir". Este é o apelo publicado numa página de Facebook, onde se garante ser necessário aumentar as contribuições deste tipo de sangue no Centro Hospitalar do Porto.

apelo doação de sangue

"Ajude-nos a salvar vidas", lê-se na publicação, que explica também como podem os interessados agendar a doação: através de um número de telefone do Hospital de Santo António, por email ou por mensagem de Facebook.

Esta mensagem foi denunciada como sendo falsa ou enganadora. Será?

A possível quebra de doações de sangue devido ao confinamento social decretado pelo combate à pandemia de Covid-19 preocupou as autoridades, tendo o Instituto Português do Sangue e da Transplantação chegado a enviar mensagens por telemóvel a pessoas registadas na lista nacional de dadores. 

Nas redes sociais, também se foram sucedendo apelos a dádivas iguais ao agora feito para o Centro Hospitalar do Porto (CHP). Em declarações ao Polígrafo, fonte do CHP confirma a veracidade do pedido em análise e diz que o mesmo foi lançado na página de Facebook “Dadores de Sangue Chp” a 17 de julho, altura em que “havia falta de stock” de A Rh negativo. 

Em declarações ao Polígrafo, fonte do CHP confirma a veracidade do pedido em análise, explicando que o mesmo foi lançado na página de Facebook “Dadores de Sangue Chp” a 17 de julho, altura em que “havia falta de stock” de A Rh negativo. 

A mesma fonte explica que a referida página “está a ser gerida pelos internos de formação específica de Imunohemoterapia do Servico de Hematologia” do centro hospitalar. Qualquer apelo à dádiva e toda a informação publicada na página, como horários, agendamentos e esclarecimentos, são coordenados entre os internos e as estruturas hospitalares. 

O Centro Hospitalar do Porto assegura também que, “até à data, não teve problemas com redes sociais ou circulação de notícias falsas que digam respeito à área do sangue e medicina transfusional do Serviço de Hematologia”.

As declarações oficiais do Centro Hospitalar do Porto ao Polígrafo confirmam, portanto, a veracidade do apelo e a falta de stock de sangue A Rh negativo naquela unidade à data da publicação da mensagem. 

________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network