"O Coro Chega está a ser formado com coralistas amadores e profissionais para uma nova experiência musical. Inscreva-se nas audições abertas para sopranos, contraltos, tenores e baixos e junte-se a um grupo de pessoas alegres e motivadas", lê-se no suposto anúncio de "audições para o Coro" do partido Chega que está a ser difundido das redes sociais, através de múltiplas publicações.

"Peça a preparar: 'A Portuguesa' (versão original)", acrescenta-se no mesmo cartaz, indicando um endereço de e-mail e um número de telemóvel para "mais informações" ou "marcações".

Verdadeiro ou falso?

Questionada pelo Polígrafo, fonte oficial do partido Chega confirmou que o cartaz "é verdadeiro" e, aliás, "o Coro já existe".

As dúvidas em torno da iniciativa poderão ter resultado do facto de não ter sido divulgada através das páginas oficiais do partido. Acresce que algumas páginas humorísticas utilizaram o anúncio como tema de publicações ou textos jocosos, gerando denúncias de fake news relativamente a tais conteúdos.

A classificação do Polígrafo incide exclusivamente sobre a existência ou não de um Coro do partido Chega e respetivo anúncio para audições, sublinhe-se, a pedido de vários leitores que questionaram sobre a autenticidade do cartaz.

Em suma, é verdadeiro.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Verdadeiro: as principais alegações do conteúdo são factualmente precisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Verdadeiro" ou "Maioritariamente Verdadeiro" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Siga-nos na sua rede favorita.
Verdadeiro
International Fact-Checking Network