"Notificação de infração: está a receber esta notificação porque seu veículo com matrícula 'P74QF79' foi usado para cometer uma infração ao Código da Estrada. A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) é a entidade que decide qual a sanção aplicável", lê-se num dos e-mails fraudulentos que estão a circular nas redes sociais, através de várias partilhas, supostamente assinados por Rui Soares Ribeiro, presidente da ANSR.

"No dia 13.12.2020, pelas 16h30m, em frente ao nº 120 da Rua da Escola Politécnica, em Lisboa, o condutor do veículo com a matrícula 'P74QF79' praticou a seguinte infração: utilizou o telemóvel enquanto conduzia o veículo. Trata-se de uma infração, porque desrespeita os nºs 1 e 4 do artigo 84º do Código da Estrada", acrescenta-se, mostrando depois o avultado valor da multa - 1.253,63 euros - e pedindo para clicar numa ligação de acesso aos dados da multa.

A pedido de vários leitores, o Polígrafo confirmou que se trata de um esquema fraudulento e não deve clicar na ligação.

Entretanto a ANSR publicou um aviso precisamente nesse sentido, na sua página oficial no Facebook.

"Foi identificada uma terceira vaga de envio de e-mails falsos em nome da ANSR e do IMT, que notificam as pessoas de um auto de contraordenação, indicando um link onde devem carregar. Relembramos que se trata de uma tentativa fraudulenta de obter informações confidenciais, pelo que essa instrução deve ser ignorada", aconselha a ANSR.

Em suma, os e-mails são falsos, ao passo que as publicações que alertam para essa falsidade estão a difundir informação correta.

__________________________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Assina a Pinóquio

Fica a par de todos os fact-checks com a newsletter semanal do Polígrafo.
Subscrever

Recebe os nossos alertas

Subscreve as notificações do Polígrafo e recebe todos os nossos fact-checks no momento!

Em nome da verdade

Segue o Polígrafo nas redes sociais. Pesquisa #jornalpoligrafo para encontrares as nossas publicações.
Falso
International Fact-Checking Network