A fotografia terá sido captada na cimeira extraordinária do Conselho Europeu que ainda está a decorrer em Bruxelas, avançando-se hoje para o quarto dia de negociações, pelo que ainda não se sabe se o primeiro-ministro português, António Costa, vai ou não "voltar a casa de mãos a abanar".

Mais problemática do que essa antecipação especulativa do futuro é a alegação de que terá sido repreendido pela chanceler alemã, Angela Merkel, "por não saber usar a máscara". Nesse sentido exibe-se a fotografia que supostamente ilustra o momento da repreensão, em que Merkel aponta o dedo para a máscara (mal posicionada, com o nariz de fora) no rosto de Costa.

Verdadeiro ou falso?

A imagem é autêntica, mas foi cortada de forma a que o indivíduo com a máscara mal posicionada possa ser confundido (através da sugestão da mensagem escrita) com o primeiro-ministro António Costa.

Na verdade trata-se do primeiro-ministro da Bulgária, Boyko Borissov, e não de Costa, como se torna evidente perante a fotografia original, sem cortes.

Essa fotografia foi publicada nos últimos dias em diversos órgãos de comunicação social, europeus e norte-americanos, ilustrando artigos sobre a cimeira extraordinária do Conselho Europeu que visa determinar as regras inerentes ao Fundo de Recuperação que será criado pela União Europeia com o objetivo de debelar a crise económica provocada pela pandemia de Covid-19.

Foi captada pela fotojornalista Stephanie Lecocq da Pool Photo, no dia 17 de julho, à margem da referida cimeira.

_______________________________

Nota editorial: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebookeste conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafoeste conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network