"Disse-nos que todos os portugueses teriam médico de família. Pois, no final de 2020 há um milhão de portugueses sem médico de família. O mesmo número do que quando o senhor primeiro-ministro entrou para o Governo", afirmou ontem André Ventura, em reunião plenária na Assembleia da República, na qual se debateu a proposta de Orçamento do Estado para 2021, dirigindo-se ao primeiro-ministro António Costa.

Confirma-se que atualmente "há um milhão de portugueses sem médico de família", tal como no final de 2015, quando Costa assumiu pela primeira vez o cargo de primeiro-ministro?

O relatório anual de acesso a cuidados de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indica que, em 2018, o número de utentes sem médico de família atribuído era de 690.232. O que, em termos percentuais, corresponde a 7% da totalidade dos inscritos no SNS nesse ano.

Já em 2019, o número de utentes sem médico de família designado atingiu um total de 730.232. No início da XXI Legislatura, em novembro de 2015, o número de utentes sem médico de família ascendia a mais de um milhão, tal como alegou Ventura.

De acordo com fonte oficial do Ministério da Saúde, questionada pelo Polígrafo, atualmente registam-se 894.449 utentes sem médico de família atribuído, número que corresponde a 9% da totalidade dos inscritos no SNS.

A mesma fonte indica que durante 2020 já houve mais de 200 médicos que se aposentaram. Por isso, tendo em conta a "situação epidemiológica e as necessidades acrescidas de cuidados de saúde", o Ministério da Saúde tem vindo a "reforçar a contratação de mais especialistas", o que permitiu "a colocação de mais 319 médicos, tendo já celebrado contrato 287". Estas contratações permitiram "alargar a cobertura por médico de família", sendo que até ao dia 23 de outubro foi "atribuído médico de família a mais de 137.600 mil utentes".

Em suma, é verdade que Costa prometeu que todos os portugueses teriam um médico de família atribuído, mas não cumpriu. No entanto, Ventura enganou-se ao apontar para "um milhão de portugueses sem médico de família". Não é verdade, registando-se atualmente 894.449 utentes sem médico de família.

___________________________

Avaliação do Polígrafo:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network