A fotografia de perfil de Ana Gomes é autêntica, tal como o endereço da sua página no Twitter. Eis a transcrição integral da mensagem em causa, datada de 26 de setembro: "Volto a reiterar, é de aplaudir a escolha da SIC Notícias em vestir um fato a um negro e pô-lo a apresentar o telejornal como se fosse gente branca, num português quase sem sotaque. Oxalá um dia todos os cargos de poder em Portugal sejam entregues assim, em nome do progressismo!"

Além do suposto tweet de Ana Gomes, o autor da publicação acrescenta um comentário insultuoso, difamante e racista. Em duas horas acumulou desde logo dezenas de partilhas.

O Polígrafo confirmou que o tweet em causa é falso, nunca foi publicado, nem Ana Gomes alguma vez escreveu tal mensagem.

Consultando a verdadeira página de Ana Gomes no Twitter não encontramos nada que se pareça com o teor do tweet falso. Trata-se de uma montagem, recorrendo à fotografia de perfil e ao endereço da página de Ana Gomes para enganar os leitores.

No dia 26 de setembro, aliás, Ana Gomes só publicou dois tweets: um sobre o Queer Lisboa - Festival Internacional de Cinema Queer; e outro sobre Cláudio França, jornalista que se estreou como pivô de um telejornal da SIC Notícias na manhã de sábado, dia 26 de setembro.

"Boa, SIC Notícias!" Esta foi o único comentário realmente escrito por Ana Gomes, associado a uma imagem que capta a estreia do jornalista em frente às câmaras na referida estação de televisão dedicada a conteúdos de informação.

Apesar da publicação deste artigo que sinaliza o tweet falso, desmentindo qualquer ligação de Ana Gomes a tal mensagem, subsistem algumas partilhas da falsidade nas redes sociais, ao ponto de a visada ter entretanto publicado uma mensagem a alertar para esse facto, sublinhando: "O tweet abaixo, que me é imputado, é falso. Desminto categoricamente":

________________________

Nota editorial 1: este artigo foi atualizado com mais informação no dia 28 de setembro, às 13h25m.

________________________

Nota editorial 2: este conteúdo foi selecionado pelo Polígrafo no âmbito de uma parceria de fact-checking (verificação de factos) com o Facebook, destinada a avaliar a veracidade das informações que circulam nessa rede social.

Na escala de avaliação do Facebook, este conteúdo é:

Falso: as principais alegações dos conteúdos são factualmente imprecisas; geralmente, esta opção corresponde às classificações "Falso" ou "Maioritariamente Falso" nos sites de verificadores de factos.

Na escala de avaliação do Polígrafo, este conteúdo é:

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Falso
International Fact-Checking Network