O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Autarquias locais gastam milhões de euros em iluminações de Natal?

Política
Este artigo tem mais de um ano
O que está em causa?
A três semanas do Natal, já é visível em diversas ruas da maioria dos concelhos portugueses a iluminação alusiva à quadra. A fatura para as autarquias locais é pesada, como pôde constatar o Polígrafo através do portal Base, onde está centralizada a informação sobre os contratos celebrados pelo Estado.

Entre câmaras (número esmagadoramente maior) e juntas de freguesia (contingente residual), só este ano já foram adjudicados mais de cinco milhões de euros em mais de uma centena de contratos para garantir o fornecimento de iluminação decorativa durante algumas semanas.

Relativamente aos municípios, os montantes variam entre os cerca de 212.000 euros despendidos por Albufeira e os 5.800 euros de Cinfães (distrito de Viseu).

O maior número de adjudicações verificou-se na faixa que vai dos 19 aos 35 mil euros. Ainda assim, houve 13 câmaras municipais que pagaram mais de 100 mil euros para ter as suas artérias enfeitadas.

Entre estes 13 municípios, Almada é o que tem o km2 mais valioso, já que desembolsa quase 117 mil euros para uma área de 70 km2 (Sintra, por exemplo, usa 197 mil euros para cobrir 319 km2).

O alerta foi dado nas redes sociais, na quarta-feira, por um utilizador do Twitter: "Em Oeiras, já estão a montar as luzes de Natal. Vou repetir: em Oeiras, já estão a montar as luzes de Natal." Os comentários, com teor irónico, foram-se multiplicando nas horas seguintes, mas será mesmo verdade que a autarquia de Oeiras começou a instalar iluminação natalícia no mês de setembro?

Algumas juntas de freguesia – oito – contrataram diretamente a decoração luminosa do seu território, sendo que três delas pertencem a Lisboa (por valores entre os 25.000 e os 38.700 euros).

Este é o top 5 dos gastos com iluminações natalícias por concelho, segundo contrato registado este ano no portal Base:

 

Concelho Verba em €
Albufeira 212.402.84
Matosinhos 204.436.00
Sintra 197.150.00
Gondomar 184.770.00
Braga 154.965.00

Em suma, é verdadeiro que juntas de freguesia e, principalmente, câmaras gastaram milhões de euros em iluminações de Natal. Em 13 municípios o dispêndio foi mesmo superior a 100 mil euros.

__________________________________________

Avaliação do Polígrafo:

Partilhe este artigo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Relacionados

Em destaque