O primeiro jornal português
de Fact-Checking

Gustavo Sampaio

Jornalista e director-adjunto do “Polígrafo”. Anteriormente trabalhou nas redacções do jornal “O Independente”, da revista “Sábado” e do “Jornal Económico”. Ao longo de uma década publicou artigos em diversos órgãos de comunicação social, nomeadamente no “Público”, “Exame”, “Fact Magazine” (Londres), “Ponto Final” (Macau), entre outros. É licenciado em Jornalismo (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), pós-graduado em Direitos Humanos (Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra) e mestrando em Ciência Política e Relações Internacionais (Universidade Católica Portuguesa). Foi locutor e realizador de programas na RUC – Rádio Universidade de Coimbra. Também é autor de livros de investigação jornalística como “Os Privilegiados” (2013), “Os Facilitadores” (2014) ou “Porque Falha Portugal?” (2016).

Gustavo Sampaio

Jornalista e director-adjunto do “Polígrafo”. Anteriormente trabalhou nas redacções do jornal “O Independente”, da revista “Sábado” e do “Jornal Económico”. Ao longo de uma década publicou artigos em diversos órgãos de comunicação social, nomeadamente no “Público”, “Exame”, “Fact Magazine” (Londres), “Ponto Final” (Macau), entre outros. É licenciado em Jornalismo (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), pós-graduado em Direitos Humanos (Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra) e mestrando em Ciência Política e Relações Internacionais (Universidade Católica Portuguesa). Foi locutor e realizador de programas na RUC – Rádio Universidade de Coimbra. Também é autor de livros de investigação jornalística como “Os Privilegiados” (2013), “Os Facilitadores” (2014) ou “Porque Falha Portugal?” (2016).